Novo horário dificulta compra de dólar na Argentina

Muitos argentinos ficaram frustrados por não conseguirem comprar dólares em casas de câmbio e bancos. Quem ficou em filas desde a manhã em casas de câmbio, por causa do novo horário de fechamento às 15h, passaram para as filas dos bancos, que continuam fechando normalmente, às 16h. Houve muito nervosismo nas ruas centrais e congestionamento no trânsito, por causa das longas filas que atravessaram as principais ruas da city portenha. Após o fechamento das casas de câmbio, o Banco do Brasil foi a instituição mais procurada, além dos bancos estatais De La Nacion e Ciudad e o da Província de Buenos Aires. Enquanto o dólar fechou cotado em casas de câmbio a 4 pesos, na venda, nos bancos a cotação de venda da moeda americana oscilou entre 2,90 e 3,10 pesos. A estimativa dos operadores é que a correria ao dólar poderá continuar amanhã.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.