Novo Ibovespa começa a valer em janeiro

Uma nova composição do Ibovespa - Índice que mede a valorização das ações de empresas mais negociadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) - entra em vigor a partir de janeiro. A primeira prévia já foi divulgada na sexta-feira e mostra que, apesar das fortes oscilações dos últimos dias, os principais papéis continuam os mesmos: Telemar e Petrobrás. Porém, de acordo com a prévia, a Telemar deverá ultrapassar a Petrobrás em importância, tornando-se a ação com maior influência no Índice.Segundo José Rogério Oliveira, da Ágora Corretora, além de ser a maior empresa de telecomunicações com capital aberto no Brasil, a Telemar faz parte de um setor cada vez mais em evidência. A Petrobrás, para ele, embora tenha perdido volume de negócios, aumentou seu grau de influência no mercado. Vale lembrar que a composição do Ibovespa é calculada com base no volume de negócios entre as ações da Bolsa nos 12 meses anteriores à divulgação e vigora por 3 meses.Outros destaquesOutro papel que disputa a atenção dos investidores e continua crescendo em importância é a GloboCabo. Na opinião de Oliveira, as ações da empresa continuarão aumentando sua participação no Índice, mas não deverão se aproximar das duas maiores em um curto prazo. A quarta colocação é ocupada pelos papéis do Bradesco. A importância das ações do banco aumentou por conta do alto número de negociações antes e depois do leilão do Banespa.O maior destaque da nova composição do Ibovespa é a Embratel, que pulou da nona para a quinta posição, por causa do envolvimento da ação em leilões e das negociações de troca de opções entre papéis preferenciais (PN, sem direito a voto) e ordinários (ON, com direito a voto).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.