Novo índice de inflação da FGV do Rio mostra pequena queda

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) ficou em 2,16% entre os dias 8 de janeiro e 7 de fevereiro, segundo informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O IPC-S é o novo indicador da FGV, que teve sua primeira divulgação na semana passada, quando atingiu 2,18%. Segundo a instituição, o resultado desta semana foi influenciado pelos aumentos nos preços dos ônibus urbanos e dos combustíveis. O resultado do novo índice é anunciado toda segunda-feira à noite no programa "Conjuntura Econômica" da FGV, na Rede Brasil-TVE. A coleta de preços foi feita em 12 capitais do Brasil, mesma abrangência utilizada no IPC do Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) e considera famílias com renda de um a 33 salários mínimos. O Índice tem tempo de defasagem de apenas três dias entre sua coleta e divulgação, sendo que a média dos outros IGPs é de cerca de dez dias. O coordenador de análises econômicas do Instituto Brasileiro de Economia da FGV, (Ibre-FGV), Salomão Quadros, concederá entrevista coletiva à imprensa, hoje à tarde, para comentar o resultado do IPC-S. Na mesma ocasião, o economista anunciará o resultado do Índice Geral de Preços -Disponbilidade Interna (IGP-DI) de janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.