Novo lote de restituição do IRPF liberará R$ 1,4 bilhão

Na próxima segunda-feira, 8, a partir das 9 horas, a Receita Federal abrirá o acesso a consultas 

AYR ALISKI, Agencia Estado

05 de julho de 2013 | 17h25

Mais de 1,1 milhão de contribuintes estarão no novo lote de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física (exercícios 2013, 2012, 2011, 2010, 2009 e 2008). Na próxima segunda-feira, 8, a partir das 9 horas, a Receita Federal abrirá o acesso a consultas. Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deverá acessar a página da Receita na Internet (www.receita.fazenda.gov.br/) ou ligar para o Receitafone, pelo número 146.

No dia 15 de julho de 2013, serão creditadas, simultaneamente, as restituições referentes ao segundo lote do exercício de 2013 (ano calendário 2012) e lotes residuais de 2012 (ano calendário 2011), de 2011 (ano calendário 2010), de 2010 (ano calendário de 2009), de 2009 (ano calendário de 2008) e de 2008 (ano calendário de 2007). Ao todo, isso representará depósito bancário para um total de 1,113 milhão de contribuintes, alcançando o valor de R$ 1,4 bilhão.

Do total das restituições, parcela de R$ 1,327 bilhão refere-se a restituições para um total de 1.079.564 contribuintes do exercício de 2013. O valor já está acrescido da taxa Selic de 2,21 % (maio de 2013 a julho de 2013). O restante envolve restituições de exercícios anteriores.

Também há fatia de R$ 108,877 milhões referente a 40.321 contribuintes de que trata o artigo 69-A da Lei nº 9.784/99, sendo 37.639 contribuintes idosos e 2.682 contribuintes portadores de deficiência física e mental ou portadores de moléstia grave. O lote anterior, liberado em junho, foi recorde, com restituições que alcançaram a marca de R$ 2,8 bilhões, atingindo 1,996 milhão de contribuintes.

Tudo o que sabemos sobre:
IRrestituição2º lote

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.