Novo modelo da Citroën será vendido a partir de setembro

Air Cross é o primeiro da marca desenvolvido no Brasil e será destinado ao mercado local e à AL

Alexandre Rodrigues, da Agência Estado,

20 de julho de 2010 | 12h32

A Citroën apresentou nesta terça-feira, 20, o modelo Citroën Air Cross, que começará a ser vendido em setembro. O automóvel é o primeiro modelo da marca desenvolvido no Brasil e será destinado apenas ao mercado local e à América Latina. Segundo o diretor geral da Citroën do Brasil, Ivan Ségal, a expectativa da companhia é vender cerca de 2,5 mil unidades por mês a partir de outubro, contribuindo para que a marca aumente em um ponto porcentual sua fatia no mercado brasileiro, hoje em torno de 2,5%. A marca francesa projeta superar 85 mil unidades vendidas este ano no Brasil, crescendo 24% em relação às vendas do ano passado.

O Air Cross está sendo produzido na fábrica do grupo PSA, em Porto Real, no sul fluminense, que também produz veículos da marca Peugeot. Os executivos da companhia informaram que o lançamento comercial do veículo só será feito em agosto. O modelo, que consumiu 38 meses de trabalho nas áreas de concepção e desenvolvimento da companhia, marca a entrada da Citroën no segmento SUV compacto, que tem veículos como o Ecosport, da Ford, e o Crossfox, da Volkswagen. O veículo é equipado com motor 1,6 flex (bicombustível).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.