Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Novo mutirão de emprego oferece 4 mil vagas

Ação é mais uma iniciativa da UGT e do Sindicato dos Comerciários de São Paulo

O Estado de S.Paulo

05 Agosto 2018 | 00h05
Atualizado 06 Agosto 2018 | 12h35

A União Geral dos Trabalhadores (UGT) e o Sindicato dos Comerciários de São Paulo realizam nesta segunda-feira, 6, a segunda edição do Mutirão do Emprego com participação de 26 empresas e oferta de 4 mil vagas. Só a Atento tem 2 mil vagas para operadores de telemarketing. Na edição anterior, em 16 de julho, participaram 13 empresas com oferta de 1,8 mil vagas e cerca de 6 mil pessoas foram ao local. A UGT afirma não ter o número de contratações, pois vários processos ainda estão em andamento.

A central e seus sindicatos aproveitam o evento para tentar convencer trabalhadores a se filiarem às entidades sindicais. Segundo Ricardo Patah, presidente da UGT, a filiação é uma fonte de renda para manter atividades após a reforma trabalhista ter acabado com o imposto sindical obrigatório.

As senhas para atendimento foram distribuídas à partir das 7h, na sede do sindicato, ao lado da Estação Anhangabaú do Metrô. Esse mutirão tem a participação do Sindicato dos Padeiros, que inaugura quarta-feira uma escola de qualificação para padeiros e confeiteiros, outra alternativa para obter renda.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.