Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Novo plano de negócios da Petrobrás impulsiona ações da estatal

Com ajuda da estatal, a Bolsa terminou o dia com valorização de 0,67%

Lucas Hirata, O Estado de S.Paulo

20 Setembro 2016 | 14h58
Atualizado 20 Setembro 2016 | 17h22

SÃO PAULO - A divulgação do plano de negócios para os próximos cinco anos impulsionou as ações da Petrobrás nesta terça-feira, 20. O projeto foi bem recebido pelos investidores, principalmente devido ao corte de 25% dos investimentos da estatal. Os papéis ON e PN da Petrobrás ganharam 1,07% e 3,45%, respectivamente, enquanto a Bovespa encerrou com valorização de 0,67%, aos 57.736 pontos. 

O novo plano prevê corte nos investimentos totais de 25%, para US$ 74,1 bilhões ante US$ 98,4 bilhões da última revisão do plano 2015-2019, ocorrida em janeiro passado. O último plano, divulgado em junho de 2015, previa investimentos totais de US$ 130 bilhões, mas passou por revisões e então ficou 30% menor.

No mercado de câmbio, prevaleceu a perspectiva de que o Federal Reserve não deve anunciar alta de juros na próxima quarta-feira, 21, mas a cautela com a decisão ainda era observada, limitando o volume de negociações. O dólar encerrou em baixa de 0,38%, cotado aos R$ 3,26.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.