finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Novo presidente da Eletrobras buscará modernização

O novo presidente da Eletrobras, José da Costa Carvalho Neto, fez hoje seu discurso de posse ressaltando que deixou os cargos de todos os conselhos administrativos que ocupava para "evitar qualquer conflito de interesses". Ele destacou que em sua gestão, sob o comando da presidente Dilma Rousseff, vai conduzir a modernização da infraestrutura energética no País.

KELLY LIMA, Agencia Estado

28 de fevereiro de 2011 | 18h31

"Na conversa inicial com a presidenta, ela recomendou que desse continuidade à modernização da companhia e ao fortalecimento da gestão corporativa do sistema Eletrobras, assegurando a sua eficiência e também o retorno adequado aos seus acionistas", disse, completando que tem como prioridade cumprir os planos estratégicos da holding e suas coligadas.

Carvalho Neto apresentou no discurso a decisão de ter "pulso firme" para o cumprimento das metas. "Vamos cobrar os resultados (dos técnicos e diretores)", afirmou. "Nossos objetivos serão de ampliar a capacidade instalada, garantindo eficiência energética. Deveremos ter participação importante nos projetos que vierem a ser instalados nos próximos anos e aumentar nossa participação em fontes alternativas, até potencializar nossa participação no mercado de energia, função hoje pouco utilizada."

O novo presidente da Eletrobras também afirmou que vai estabelecer, em parceria com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), o acompanhamento de toda a geração para agir "prontamente" quando necessário. Além disso, disse que terá prioridade total o processo de internacionalização da companhia. Afirmou ainda que vai tentar agilizar os processos de licenciamento ambiental, criando o prêmio Eletrobras de mitigação de riscos ambientais, para propor projetos mais eficientes.

Autoridades do setor elétrico, tanto executivos de alto escalão de todo o sistema Eletrobras quanto das empresas privadas, participam da cerimônia de posse do novo presidente da estatal de energia.

O ex-presidente da Eletrobras José Antônio Muniz Lopes, que havia comentado a possibilidade de ir para a iniciativa privada ao deixar o cargo, vai ficar na companhia, à frente da diretoria de Transmissão, aceitando convite do ministro de Minas e Energia. "Quero desejar sorte ao novo presidente porque competência ele tem para continuar levando a Eletrobras para onde estamos levando", disse Muniz Lopes, na cerimônia de posse de Carvalho Neto.

Tudo o que sabemos sobre:
energiaEletrobrasposseCarvalho Neto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.