Novo presidente do Cade será definido até final de setembro, diz Barreto

Anteriormente, o ministro da Justiça afirmou que o novo dirigente do órgão antitruste seria escolhido até o fim de junho

Célia Froufe, da Agência Estado,

31 de agosto de 2010 | 12h27

O ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, disse nesta terça-feira, 31, à Agência Estado que, até o final de setembro, haverá definição sobre o novo presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Ele não quis, no entanto, comentar sobre nomes citados pela reportagem como possíveis substitutos do atual presidente, Arthur Badin, que já circulam em rodas de advogados e de profissionais que acompanham o setor.

Esta é a segunda vez que o ministro estipula um prazo para definir quem ficará à frente do órgão antitruste. Em meados de junho, durante uma entrevista à AE, ele informou que o novo nome seria conhecido até o final daquele mês. Até o momento, sem que haja uma definição, os rumores sobre o substituto de Badin só aumentam. Badin anunciou em junho que deixaria o cargo por questões pessoais, já que a família do presidente mora em São Paulo. Ele fica no cargo até novembro. Badin é o primeiro presidente que não estica seu mandato por mais dois anos, conforme fizeram seus antecessores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.