Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Novo presidente faz só uma troca entre os diretores executivos

Vania Somavilla, diretora de Sustentabilidade, assume a área de RH e Serviços Compartilhados no lugar de Carla Grasso

, O Estado de S.Paulo

21 de maio de 2011 | 00h00

O novo presidente da Vale, Murilo Ferreira, assumiu ontem o cargo pregando o trabalho em equipe e elogiando o time herdado do antecessor, Roger Agnelli. Com diretores executivos sentados à sua frente, Ferreira confirmou seis no cargo. A única exceção ficou com a diretora executiva de Recursos Humanos e Serviços Compartilhados, Carla Grasso, que será substituída pela atual diretora de Sustentabilidade, Vania Somavilla.

A saída de Carla já era dada como certa, em grande parte por sua forte ligação com Agnelli. A executiva era a única integrante da cúpula que ingressou junto com o ex-presidente e era tida como uma ligação da empresa com o PSDB.

"A Vania possui um currículo belíssimo", disse Ferreira. "Tenho certeza de que, por sua competência, por sua lealdade à empresa, ela engrandecerá este time brilhante que está aqui à minha frente."

Ferreira disse que envia já nesta segunda-feira uma carta ao conselho de administração da empresa pedindo a manutenção da diretoria e a aprovação de Vania na equipe.

Gestão. O tom de descentralização representa uma mudança de estilo dentro da empresa, comandada por mais de uma década por Agnelli, tido como um executivo mais centralizador.

"Acredito fortemente no trabalho em equipe. Acho que este trabalho consegue resultados", disse o novo presidente. "Trago a minha experiência, a minha personalidade e minhas ideias para fazermos um ambiente construtivo."

Permanecerão na equipe executiva o diretor de Finanças e Relações com Investidores, Guilherme Perboyre Cavalcanti; o diretor de Operações de Metais Básicos, Tito Botelho Martins; o diretor de Fertilizantes, Mário Alves Barbosa Neto; o diretor de Marketing, Vendas e Estratégia, José Carlos Martins; o diretor de Exploração, Energia e Projetos, Eduardo Jorge Ledsham; e o diretor de Operações Integradas, Eduardo de Salles Bartolomeo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.