seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Novo presidente não resolve crise argentina, diz embaixador

Antecipar as eleições não é uma solução para a Argentina, disse agora o embaixador do Brasil em Buenos Aires, José Botafogo Gonçalves. De acordo com o embaixador, as estruturas partidárias no país continuam as mesmas da última década e idênticas desde que estourou a crise político-econômica e social. "Não adianta eleger um novo presidente agora, se este terá os mesmos problemas do atual", afirmou o embaixador, que participa neste momento de um almoço da Associação de Empresas Brasileiras para a Integração de Mercados (Adebim). Para ele, dentro de uma lógica eficaz para o país, não tem sentido antecipar o fim do mandato do presidente Eduardo Duhalde. Botafogo Gonçalves disse que a proposta de recuperação do país do atual governo tem "50 mil obstáculos, mas é a única". "Cada dia fica mais claro que sem apoio de organismos internacionais e do FMI não há solução possível para a Argentina", disse. Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.