Novo secretário do Tesouro dos EUA é a pessoa certa, diz FT

O diário econômico britânico Financial Times afirma que Harry Paulson, "um peso pesado de Wall Street", indicado para o cargo de secretário do Tesouro dos Estados Unidos, é "a pessoa certa para resgatar a liderança econômica americana".O diário afirma que ao convencer o ex-executivo da Goldman Sachs a aceitar o cargo, o presidente George W. Bush "optou pela pessoa correta para restaurar a abalada credibilidade econômica da atual administração".O jornal diz que a experiência junto à Goldman Sachs é "um sopro de ar fresco" para o governo Bush, uma vez que o presidente é normalmente pouco afeito a políticas ambientalistas e o banco de investimentos faz contribuições para vultosos projetos de energia renovável e de conservação ambiental.De acordo com o FT, "Paulson deve deixar o dólar em paz" e não se sentir tentado a mexer na taxa de juros da moeda americana. O novo secretário precisa também defender a responsabilidade fiscal e garantir que o "Fundo Monetário Internacional se torne o principal fórum para combater as desigualdades mundiais".O jornal também lista a experiência de Paulson em relação à China como um de seus trunfos. "Já tendo visitado o país 70 vezes, ele pode resistir à tentação de usar a China como bode expiatório dos males enfrentados pelos Estados Unidos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.