NRG e GenOn anunciam fusão em acordo de US$ 1,7 bi

As empresas NRG Energy e GenOn Energy anunciaram neste domingo um plano de fusão de US$ 1,7 bilhão que, se confirmado, resultará na criação da maior companhia de fornecimento de energia elétrica dos Estados Unidos. Juntas, as duas empresas teriam capacidade de produção de 47.000 megawatts nas costas leste e oeste dos Estados Unidos e no Golfo do México.

RICARDO GOZZI, Agencia Estado

22 de julho de 2012 | 18h19

Pelo acordo, os acionistas da GenOn receberiam 0,1216 de uma ação ordinária da NRG em troca de cada ação ordinária da GenOn. Levando-se em consideração os preços de fechamento de sexta-feira, o acordo alcançaria US$ 1,7 bilhão, ou um prêmio de 20,6% sobre as ações da GenOn.

O acordo de fusão prevê que os acionistas da NRG deterão 71% da nova empresa, enquanto os da GenOn ficarão com 29%. O presidente e executivo-chefe da NRG, David Crane, manterá os postos na companhia resultante da fusão. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
fusãoenergiaNRGGenOn Energy

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.