Num só dia, ações da Eletrobrás caem 20,08%

As ações da Eletrobrás foram destaque de baixa pelo segundo pregão seguido na BM&FBovespa, com quedas de 15,73% (ON, ordinárias, com direito a voto) e de 20,08% (PNB, preferenciais, sem voto) no dia. Investidores saíram em massa do papel diante das perdas iminentes da renovação das concessões sob as novas regras da MP 579.

O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2012 | 02h04

As ações PNB, que iniciaram o dia em forte queda e chegaram a entrar em leilão (suspensão temporária de negociação), atingiram a menor cotação desde junho de 2004, a R$ 7,84. As ON também renovaram as mínimas históricas, atingindo a menor cotação desde setembro de 2003.

Na mínima do dia, Eletrobrás PNB chegou a R$ 7,86 (-19,87%). No ano, esses papéis acumulam perda de 67% e as ON, de 59%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.