Número de brasileiros com celular cresceu 107,2% desde 2005

Os mais velhos e as crianças foram os que mais contribuiram para a expansão da telefonia móvel

16 de maio de 2013 | 10h05

RIO - Chegou a 115,4 milhões o número de brasileiros com 10 anos ou mais de idade que têm celular de uso pessoal. O número corresponde a 69,1% da população, segundo a Pesquisa Nacional por Amostras de Domicílios (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Em 2005, eram 55,7 milhões, ou 36,6% da população. A população com celular cresceu 107,2%, enquanto a população geral nesta faixa etária cresceu 9,7%.

Os mais velhos e os mais novos foram os que mais fizeram crescer o contingente de usuários de celulares. A proporção de pessoas com 60 anos ou mais com celular aumentou 161,3%. E a proporção das crianças de 10 a 14 anos com celular cresceu 118,2%. Os trabalhadores agrícolas são os que menos têm celular: apenas 43%.

 

Tudo o que sabemos sobre:
PnadIBGEcelulartelefonetelefonia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.