Número de empresas aumentou 2,7% em 2007, aponta IBGE

Em 2007, segundo o levantamento, havia 4,4 milhões de empresas no Brasil, que empregavam 42,6 milhões

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

23 de setembro de 2009 | 10h31

O número de empresas "e outras organizações ativas formais" aumentou 2,7% no País em 2007 ante o ano anterior, com a criação de 115 mil novos negócios de um ano para o outro, segundo divulgou nesta quarta-feira, 23, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na pesquisa Cadastro Central de Empresas. Em 2007, segundo o levantamento, havia 4,4 milhões de empresas no Brasil, que empregavam 42,6 milhões de pessoas.

Ainda de acordo com o cadastro, o total de pessoal ocupado assalariado cresceu 7,5% entre 2006 e 2007, passando de 34,1 milhões para 36,7 milhões de pessoas, o que representa mais 2,6 milhões de pessoas assalariadas de um ano para o outro. Em 2007, os salários e outras remunerações pagos no ano totalizaram R$ 603 bilhões. O salário médio mensal foi de R$ 1.282,11, com um aumento real de 1,9% na comparação com 2006.

Setorialmente, segundo o Cadastro do IBGE, o grupo de comércio, reparação de veículos automotores e motocicletas era responsável por quase metade (46%) das empresas ativas em 2007, seguida das indústrias de transformação (9,0%) e outras atividades de serviços (7,9%).

Tudo o que sabemos sobre:
empresasIBGE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.