"Nunca disse que queria sair", afirma Rodrigues

Dois dias depois da divulgação de críticas que fez ao ministro do Planejamento, Guido Mantega, o ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, disse há pouco, em conversa por telefone com a Agência Estado, que nunca pediu para sair do governo. "Estou descontente com os rumos do governo mas nunca disse que queria sair", afirmou o ministro. "Enquanto o presidente Lula quiser, eu fico", acrescentou Rodrigues. Segundo ele, no sábado conversou por telefone com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva . Na conversa, os dois acertaram que o presidente iria chamá-lo para uma conversa no Palácio do Planalto. Este contato, no entanto, informou Rodrigues, ainda não aconteceu. Também, informou, não fez qualquer contato com o ministro Mantega. Roberto Rodrigues está em São Paulo e participa no Hotel Renaissence do Seminário Agro Brasil 2004.

Agencia Estado,

22 Março 2004 | 12h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.