Alex Silva/Estadão
Antes de ter loja virtual, negócio de Vanderleia cresceu com propaganda 'boca a boca' Alex Silva/Estadão

Nutricionista se reinventa na rede

Pós-graduada em segurança alimentar, Vanderleia Alves nunca conseguiu trabalhar na área e acabou lançando loja virtual

Renée Pereira, O Estado de S.Paulo

03 de agosto de 2019 | 15h13

Formada há cinco anos em nutrição, Vanderleia Alves teve muita dificuldade para encontrar emprego após deixar a faculdade. Ficou três anos desempregada e teve de recorrer aos bicos em outras áreas para sobreviver e pagar as contas no fim do mês. As vendas pela internet ocorreram por acaso, graças à filha, que se tornou influenciadora digital.

Com muitos seguidores no Instagram, sua filha começou a receber produtos de empresas. Alguns deles eram suplementos alimentares. “Tive a ideia de ligar para uma dessas empresas e comecei a pegar os produtos para revender”, diz Vanderleia. Inicialmente, ela vendia apenas para amigos, mas o negócio foi crescendo com a propaganda “boca a boca”.

O próximo passo foi criar uma loja virtual, a Bioarcos Nutry. “Em termos financeiros estou começando, mas já penso em incluir outros itens no site, como produtos naturais e linha fitness”, afirma Vanderleia. Ela diz que, ao escolher nutrição na faculdade, sabia que era uma área difícil de encontrar emprego. 

Imaginava, porém, que conseguiria trabalhar em controle de qualidade. Cursou uma pós-graduação em segurança alimentar e qualidade de alimentos na Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). A realidade, no entanto, foi bem diferente.

“Hoje, pelo menos, eu consigo vender produtos que, de alguma forma, tem a ver com a minha profissão para a qual estudei e me especializei”, diz. /

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.