Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

NY e rumores de upgrade animam

Bovespa retoma 63 mil pontos em meio a comentários de que o Brasil poderá obter grau de investimento em breve

Claudia Violante, Silvana Rocha e Denise Abarca, O Estadao de S.Paulo

21 de fevereiro de 2008 | 00h00

A ata da reunião do Fomc de janeiro citou mais riscos para o crescimento e o Federal Reserve reduziu sua previsão do PIB/EUA em 2008 em 0,5 pp, para 1,3% a 2%, e elevou sua projeção para a inflação. Apesar da sinalização negativa, as Bolsas em Nova York ampliaram as altas também em meio ao novo recorde do petróleo. Os contratos de taxas de Fed Funds reduziram a chance de um agressivo corte no juro no curto prazo. A Bovespa ganhou fôlego extra com rumores de que o Brasil poderá obter em breve o grau de investimento. O Ibovespa subiu 2,33% e retomou os 63.747,5 pontos; no mês, acumula + 7,16% e, no ano, -0,22%. O título brasileiro Global40 avançou 0,08%, a 132 centavos de dólar. O risco Brasil caiu 5,36%, a 247 pontos. O dólar balcão recuou a R$ 1,724, menor desde 23/3/2000. O juro janeiro 2010 cedeu a 12,37%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.