Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

NYT: investidor aposta em líderes da internet na China

Apesar dos sinais de que o entusiasmo com as ofertas públicas iniciais de internet esteja perdendo um pouco de sua força, as ações do Weibo, serviço chinês de microblogs semelhante ao Twitter, tiveram alta de nada menos que 19% em seu primeiro dia de negociações, na quinta feira (17). Outra chinesa, o site imobiliário Leju, teve desempenho semelhante.

AE, Agencia Estado

19 de abril de 2014 | 09h32

As recepções positivas ocorrem em antecipação à estreia de nomes de peso ainda maior na internet chinesa. O principal foco é o Alibaba Group, mercado online que é uma mistura de eBay e Amazon e domina completamente o país. A empresa deve dar entrada no pedido de oferta pública inicial na semana que vem. Deve ser um dos maiores IPOs desde a chegada do Facebook à bolsa, que arrecadou US$ 16 bilhões dois anos atrás.

Também está na bolsa o JD.com, pequeno varejo online aliado a outra das gigantes chinesas da rede, a empresa de mensagens Tencent, do WeChat "A valorização nas ações do Weibo após o IPO são um bom indício do interesse dos investidores nas propriedades chinesas na internet", disse Kathleen S. Smith, diretora da Renaissance Capital. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinainternetmercado financeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.