O acordo da Argentina com o FMI pode estar chegando

O ministro de Economia, Roberto Lavagna, afirmou que o acordo entre o governo e o Fundo Monetário Internacional está numa etapa de "convergência" e acredita que a partir da próxima segunda-feira poderá iniciar a fase final do acordo. O presidente do Banco Central , Aldo Pignanelli, e o secretário de Finanças, Guillermo Nielsen , permanecem em Washington até a semana que vem, segundo fontes do ministério de Economia, para negociar "pontos concretos do acordo". O ministro explicou que um aspecto positivo que ajudará na negociação é o fato de que apesar da liberação parcial do "corralito", a população não sai correndo em busca de seus depósitos e não houve pressão forte pela demanda de dólares esta semana naArgentina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.