O dólar sobe: aumentou prazo para compras do Tesouro

O Tesouro passou a ser um instrumento de intervenção no mercado de câmbio. E a partir de ontem com mais poder de fogo, já que o BC ampliou de 90 para 180 dias o prazo para compras antecipadas de dólares no mercado. O mercado absorveu essa participação do Tesouro nos negócios (o prazo já tinha sido antecipado de 60 para 90 dias, recentemente), gostou e não põe em questão, por conta disso, a política atual de câmbio flutuante. É consenso também que o momento é oportuno para as compras de dólares do Tesouro, já que as cotações estão baixas. Ganham as contas públicas, ganha o mercado e agradecem os exportadores.Operadores ouvidos pela Agência Estado já previam que essa medida garantiria a abertura do dólar em alta nesta manhã. De fato, o dólar abriu em alta de 0,46%, cotado a R$ 2,863, e permanecia neste patamar às 10h20. Veja a cotação do dólar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.