Estadão
Estadão

O impacto da tecnologia na experiência de compra

Evolução digital traz o offline para o online; curadoria de amigos e de especialistas ajudam na tomada de decisão

Roberta Cardoso, O Estado de S. Paulo

29 Setembro 2016 | 05h30

A tecnologia impacta profundamente o comportamento de consumo. Se antes, para fazer qualquer compra, você ia até um shopping, entrava na loja e um vendedor apresentava até o que você não procurava, hoje não é mais necessário. 

As experiências offline, ao longo dos últimos anos, migraram para o meio digital. A internet, no entanto, não consegue fazer todo esse trabalho sozinha. Como na vida prática, muitas vezes, o consumidor precisa de uma opinião, de recomendação, de informações específicas e até mesmo um palpite dado por especialistas. 

“As vezes você precisa de um mecânico e pede ajuda dos amigos no Facebook para encontrar um bom profissional”, exemplifica Ricardo Sangion, gerente do Pinterest no Brasil. “Mas nem sempre seus amigos têm respostas ou os mesmos interesses que você. E aí é que o Pinterest entra.”

De acordo com Sangion, o Pinterest replica o meio offline no universo digital e assim amplia ainda mais o acesso a informação sobre qualquer tema e também a forma de consumir e descobrir. “Evoluímos muito. Hoje é possível você ter acesso a um grande catálogo de ideias composto por especialistas, amigos, semi especialistas.”

A ‘curadoria’ na rede pode ser feita tanto por gente especializada quanto por pessoas apenas interessadas em determinado assunto. “Você encontra referências e até o que não está procurando. É como se fosse uma curadoria.”

A ferramenta, segundo Sangion, ajuda os usuários. “Oitenta por cento das pessoas que usam o Pinterest encontram ideias na rede. E 72% de fato efetuam compras porque descobriram ali algo que precisavam.”

Mais conteúdo sobre:
Economia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.