Efe
Efe

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Obama adverte que EUA ainda perderão mais postos de trabalho

Crescimento economia no terceiro trimestre é animador, mas nível de empregos não se recuperará em breve

Reuters,

02 de novembro de 2009 | 15h14

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse nesta segunda-feira, 2, que a economia do país se recuperou bem desde janeiro, mas que mais postos de trabalho serão fechados até que se reafirme uma recuperação completa.

 

Falando durante um encontro na Casa Branca com sua equipe de assessores para a recuperação econômica, Obama disse que o ritmo atual de perdas de emprego era "preocupante" e disse que a situação não melhorará tão brevemente, apesar da economia dos EUA ter saído da recessão.

 

"Antecipamos que vamos continuar tendo perdas de empregos nas semanas e meses seguintes", anunciou o presidente.

 

Melhoras

 

No sábado, Obama havia recebido bem a notícia de que, após quatro trimestres em queda, o PIB do terceiro trimestre dos EUA havia tido crescimento de 3,5%, mas havia dito que o país ainda tem um longo caminho a percorrer para se recuperar da crise.

 

Em seu discurso por rádio comum dos sábados, Obama indicou que embora fosse boa, a notícia não era motivo de celebração e já havia antecipado que a recuperação no número de postos de trabalho demoraria a acontecer.

Tudo o que sabemos sobre:
ObamarecessãocriseempregosEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.