Obama anuncia Conselho para Recuperação Econômica

Grupo liderado por ex-presidente do Fed vai se reunir regularmente e dar conselhos ao presidente dos EUA

Suzi Katzumata, da Agência Estado,

06 de fevereiro de 2009 | 15h12

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, apresentou nesta sexta-feira, 6, os membros do novo Conselho Consultivo para Recuperação Econômica, um grupo de dignitários das áreas econômica, negócios e trabalhista, incluindo o executivo-chefe da General Electric, Jeffrey Immelt, e o conservador professor de economia de Harvard Martin Feldstein.  Veja também:Desempregados nos EUA somam 3,6 mi desde início da recessãoDe olho nos sintomas da crise econômica Dicionário da crise Lições de 29Como o mundo reage à crise Liderado pelo ex-presidente do Federal Reserve Paul Volcker, o grupo vai se reunir regularmente e dar a Obama conselhos para reviver a adormecida economia dos Estados Unidos, ideias independentes com objetivo de evitar o "ruído político" de Washington. "Eu não estou interessado em um grupo de consenso, por isso que o conselho reflete um amplo cruzamento de experiências, habilidades e ideologia", disse Obama. "Nem todos vão concordar com cada um, e nem todos vão concordar comigo - e isso é exatamente o ponto."  O economista da Casa Branca Austan Goolsbee será o diretor do grupo do Conselho. Além de Immelt e Feldstein, o grupo será composto pelo ex-presidente da Securities and Exchange Commission (SEC, a CVM norte-americana) William Donaldson; o presidente e executivo-chefe da TIAA-CREF Roger Ferguson; o executivo-chefe do UBS Group Americas Robert Wolf; John Doerr, sócio da Kleiner, Perkins, Caufield & Byers; e Laura D'Andrea Tyson, diretora da Haas School of Business da Universidade da Califórnia em Berkeley.  O novo conselho consultivo econômico foi modelado com base no Conselho Consultivo de Inteligência Estrangeira, criada pelo presidente Dwight D. Eisenhower. A ordem executivo assinada por Obama estabelece o conselho por dois anos. Depois desse período, o presidente vai decidir se vai prorrogar a sua existência.  Outros membros do conselho incluem David F. Swensen, executivo-chefe de investimentos da Universidade Yale; Mark T. Gallogly, fundador da Centerbridge Partners L.P.; Penny Pritzker, presidente da Pritzker Realty Group; Jim Owens, presidente e executivo-chefe da Caterpillar; Monica C. Lozano, editora e executiva-chefe de La Opinion; Charles E. Phillips Jr, presidente da Oracle; Anna Burger, secretária-tesoureira do Service Employees International Union; e Richard L. Trumka, secretário-tesoureiro da AFL-CIO.

Tudo o que sabemos sobre:
Crise FinanceiraBarack Obama

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.