Obama dá US$ 8 bi em garantia de empréstimo a usina

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciou hoje cerca de US$ 8 bilhões em garantias governamentais de empréstimos para a Southern Company construir uma nova usina de energia nuclear na Geórgia. "Eu sei que há muito tempo se supõe que aqueles que defendem o meio ambiente se opõem à energia nuclear", disse Obama, em um discurso na cidade de Lanham, no Estado de Maryland. "Mas o fato é que, apesar de não termos construído nenhuma nova usina nuclear em 30 anos, a energia nuclear continua a ser nossa maior fonte de combustível que não produz emissões de carbono", afirmou Obama.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

16 de fevereiro de 2010 | 18h50

A garantia de empréstimo será a primeira da legislação aprovada em 2005. De acordo com o programa, o governo promete assumir as dívidas da Southern se a empresa não conseguir pagar a dívida contraída para realizar os projetos. Tendo em vista que o custo para a construção dos novos reatores nucleares pode alcançar a casa dos bilhões de dólares, as garantias de empréstimo podem ser fundamentais para empresas de energia que planejam desenvolver tais projetos.

O Departamento de Energia dos EUA tem a autorização para conceder US$ 18,5 bilhões em garantias de empréstimo. O orçamento fiscal da administração de 2011 pretende triplicar esse montante para mais de US$ 54 bilhões. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
EUA, Barack Obama, usina nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.