Coluna

Fabrizio Gueratto: como o investidor pode recuperar suas perdas no IRB Brasil

Obama dará mais ajuda a GM e Chrysler, diz New York Times

Montadoras receberam US$ 17,4 bilhões desde dezembro e já solicitaram outros US$ 21,6 bilhões extras

Efe,

28 de março de 2009 | 09h09

O governo Barack Obama concederá mais ajuda financeira a General Motors e Chrysler em troca de novas concessões, informou no sábado, 28, em seu site o jornal americano The New York Times. As duas montadoras receberam US$ 17,4 bilhões em ajuda pública desde dezembro de 2008 e já solicitaram outros US$ 21,6 bilhões extras para manter suas operações.

 

Veja também:

linkMontadoras terão ajuda, mas precisam de mudanças, diz Obama

linkPlano de demissão voluntária da GM nos EUA atrai 7,5 mil

especialDe olho nos sintomas da crise econômica 

especialDicionário da crise 

especialLições de 29

especialComo o mundo reage à crise  

 

A GM e a Chrysler têm até 31 de março para apresentar ao Departamento do Tesouro seus planos de reestruturação, explicando como vão se tornar rentáveis e, assim, pagar os empréstimos.

 

O jornal nova-iorquino também afirma que, embora o governo Obama pareça decidido a ampliar a ajuda financeira, o grupo encarregado de supervisionar a reestruturação do setor também disse que a opção da quebra é factível. Segunda-feira, Obama deve anunciar o plano de resgate para o setor automotivo americano.

Tudo o que sabemos sobre:
Barack ObamamontadorasGMChrysler

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.