Obama e Boehner têm reunião 'franca' sobre abismo fiscal, dizem assessores

O presidente norte-americano, Barack Obama, e o presidente da Câmara dos Deputados, o republicano John Boehner, tiveram uma reunião "franca" sobre o "abismo fiscal" nos Estados Unidos nesta quinta-feira, disseram assessores de ambos os lados.

Reuters

13 de dezembro de 2012 | 22h06

Eles se reuniram por cerca de 50 minutos no Salão Oval da Casa Branca. Os assessores acrescentaram que linhas de comunicação permanecem abertas.

Separadamente, em entrevista à afiliada da rede CBS em Minnesota, Obama disse que estava esperançoso de conseguir um acordo e disposto a fazer mais cortes de gastos sempre e quando o aumento de impostos aos mais ricos fizer parte do acordo.

"Eu já cortei um trilhão de dólares em gastos", disse Obama à WCCO, de acordo com a transcrição. "Quero fazer muito mais cortes nos gastos. Nós também precisamos emparelhá-los com um pouco mais de receita", afirmou.

(Reportagem de Jeff Mason, Mark Felsenthal e Steve Holland)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROOBAMAABISMO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.