Obama falará sobre negociações da dívida às 22h

O presidente dos EUA, Barack Obama, fará um pronunciamento à nação às 22h (de Brasília) sobre as discussões para elevar o limite da dívida e reduzir o déficit do país, informou a Casa Branca.

REGINA CARDEAL, Agencia Estado

25 de julho de 2011 | 18h02

O discurso, que será feito no Salão Leste da Casa Branca, foi anunciado depois que democratas e republicanos apresentaram propostas diferentes para as questões negociadas. A Casa Branca jogou seu peso em favor da proposta do líder da maioria no Senado, o democrata Harry Reid, que não inclui novas receitas. Obama tem insistido que qualquer acordo para cortar o déficit seja equilibrado e inclua aumento de impostos.

Um plano apresentado pelos republicanos da Câmara dos Representantes também não inclui impostos.

Pela proposta de Reid, o teto da dívida seria elevado até 2012, algo que Obama quer, em meio aos temores de que uma tentativa de aumentar o limite da dívida durante um ano eleitoral seria difícil e criaria muita incerteza para os mercados financeiros. O plano republicano elevaria o teto do endividamento até 2011. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.