finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Obama não vai à reunião do G-20, mas enviará representantes

Ex-congressista republicano e ex-secretária de Estados vão representar presidente eleito nos Estados Unidos

Suzi Katzumata, da Agência Estado,

12 de novembro de 2008 | 15h30

O ex-congressista republicano Jim Leach e a ex-secretária de Estados Madeleine Albright estarão disponíveis para se encontrarem com os líderes do G-20 neste final de semana em nome do presidente eleito Barack Obama, segundo informou sua equipe de transição.   Veja também: De olho nos sintomas da crise econômica  Lições de 29 Como o mundo reage à crise  Dicionário da crise  Entenda a disparada do dólar e seus efeitos   Obama não vai participar do encontro econômico de emergência do G-20, mas vai receber um resumo de Leach e Albright após as reuniões. Os detalhes daquelas sessões, incluindo que delegações Leach e Albright vão encontrar, serão divulgados posteriormente.   "A cúpula deste fim de semana é uma oportunidade importante para ouvir os líderes de muitas das maiores economias do mundo", disse o conselheiro de Política Externa de Obama, Denis McDonough, em um comunicado. "Há apenas um presidente por vez nos EUA, então o presidente eleito pediu à secretária Albright e ao congressista Leach, uma equipe experiente e bipartidária para estarem disponíveis para ouvirem e se encontrarem com nossos amigos e aliados em seu nome."   Albright foi secretária do Estado e embaixadora dos EUA junto à ONU durante a administração do presidente Bill Clinton. Leach, que apoiou a candidatura de Obama para a presidência, é ex-presidente do Comitê de Bancos e Serviços Financeiros da Câmara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.