Obama pede aprovação de reforma financeira neste ano

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu nesta segunda-feira em discurso após um ano do colapso do Lehman Brothers que a indústria financeira não resista à reforma regulatória, e pediu que o Congresso aprove as propostas até o final do ano.

REUTERS

14 de setembro de 2009 | 13h22

"Há um ano, nós vimos como os mercados podem se enganar; como a falta de regras de bom senso pode levar a excessos e abusos; o quão perto nós podemos chegar de uma quebra", avaliou Obama em texto preparado.

"Um ano depois, é nosso dever aprovar essas reformas, que evitarão que esse tipo de crise aconteça novamente."

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUAREFORMA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.