coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Obama pressiona por aprovação de pacote econômico

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pressionou os congressistas, na noite de ontem, a agir rapidamente para aprovar o pacote de estímulo econômico, em discussão no Senado, e a rejeitar ?ideias desgastadas? que, segundo ele, elevaram a dívida nacional e colocaram a economia do país num ?estado de pânico?.?O povo americano está assistindo. Eles não nos colocaram aqui para afundarmos na lama com o mesmo velho atraso e distrações?, disse Obama, durante encontro de membros do partido democrata em Williamsburg, no Estado da Virgínia.O presidente afirmou que os eleitores ?não votaram por falsas teorias do passado?, nem pela preservação do status quo. "Eles nos colocaram aqui para trazermos mudanças e nós devemos isso a eles?, declarou.As declarações de Obama ecoaram - em substância e tom - seus recentes comentários sobre a necessidade de estímulo econômico. Segundo Obama, a economia do país se encontra em tal estado de fraqueza, que se não ocorrer uma ação rápida, outros milhões de empregos serão perdidos. ?Este é o preço da inércia?, acrescentou o presidente.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

06 de fevereiro de 2009 | 03h51

Tudo o que sabemos sobre:
EUApacoteObama

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.