Obama vai criar comissão para dívida em breve, diz Casa Branca

O presidente norte-americano, Barack Obama, assinará uma ordem executiva para criar uma comissão com o objetivo de supervisionar os desafios fiscais de longo prazo do governo federal nos próximos 10 anos, informou a Casa Branca nesta quinta-feira.

REUTERS

11 de fevereiro de 2010 | 19h47

Obama, que espera convencer os republicanos bem como membros de seu próprio partido Democrata a trabalhar no painel de dívida, deve criar a comissão nesta semana. Mas o plano foi prejudicado por uma severa nevasca em Washington, afirmou o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs.

Gibbs também disse em um comunicado à imprensa que Obama deve aprovar ao longo desta semana, ou até no fim de semana, um projeto que pretende aumentar a autoridade do governo dos Estados Unidos de realizar empréstimos.

A Casa Branca havia dito anteriormente que esse projeto, que também incorpora as regras conhecidas como pay-as-you-go para frear os gastos, será sancionado na terça-feira ou quarta-feira. Segundo essas regras, para se aprovar um gasto tem-se que indicar como os recursos serão disponibilizados.

Obama está criando um painel sobre dívida através de uma ordem executiva depois que o Congresso não o aprovou, apesar da enorme necessidade de um plano crível para supervisionar o déficit federal, que deve alcançar o valor recorde de 1,56 trilhão de dólares no ano fiscal de 2010.

A capital norte-americana foi paralisada na véspera por uma das mais severas nevascas em gerações, o que fechou os prédios públicos e interrompeu grande parte do transporte público da região.

(Por Alister Bull)

Tudo o que sabemos sobre:
MACRO, EUA, OBAMA, PROJETO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.