Obra de Angra 3 deve ser retomada em setembro de 2008

O presidente da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva, informou hoje que a expectativa é retomar a partir de setembro a construção de Angra 3 para que o projeto esteja concluído no primeiro semestre de 2014. A previsão é que se consiga até abril a licença de instalação e, com isso, possa tirar do papel a obra que está orçada em R$ 7,2 bilhões.Segundo ele, neste valor, o preço da tarifa gerada pela usina de Angra 3 seria bastante competitivo. A informação foi dada pelo executivo durante visita do ministro da Defesa, Nelson Jobim, à usina da Angra 2. Jobim aproveitou a estada na usina para colher informações sobre segurança em projetos nucleares, ao reafirmar o interesse do governo em construir um submarino de propulsão nuclear. Para isso, o País espera obter transferência de tecnologia. No início do ano que vem, Jobim vai à França conversar com as autoridades locais sobre esse projeto. Mas se não se chegar a um acordo com a França sobre esse tema, outras alternativas também seriam os Estados Unidos, a Rússia e a China.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.