coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Obra do porto está atrasada

Previsto para ser um empreendimento industrial de porte inédito no Brasil, o Superporto do Açu (no município fluminense de São João da Barra) começou a ser construído há cinco anos e meio.

O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2013 | 02h05

O porto foi projetado para funcionar como um complexo portuário privativo de uso misto, adjacente a um distrito industrial moderno marcado pela presença de algumas das mais importantes empresas do planeta. O problema é que essas grandes companhias ainda hesitam em integrar o projeto, por conta da crise e de questões logísticas. O desenho do empreendimento inclui dois terminais de embarque e desembarque de cargas variadas, em um trecho do litoral afastado 150 km dos principais campos petrolíferos da Bacia de Campos. A Anglo e a LLX, empresa de logística do grupo EBX responsável pelo porto, estimam que as operações devem iniciar ainda em 2013 - atraso de cerca de um ano em relação ao planejamento original.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.