Obra em aeroportos de Brasília, Guarulhos e Viracopos será por concessão

Decisão foi tomada na segunda-feira pela presidente Dilma Rousseff, segundo o ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci

Leonencio Nossa, da Agência Estado,

26 de abril de 2011 | 13h47

O ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci, informou  que a presidente Dilma Rousseff decidiu na segunda-feira, 25, que as obras dos aeroportos de Guarulhos, Viracopos e Brasília serão tocadas em regime de concessão. Em pronunciamento durante a reunião do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), Palocci disse que também estão em estudos investimentos nos aeroportos de Confins, em Belo Horizonte (MG), e no Galeão, no Rio de Janeiro. "Queremos combinar a urgência das obras com os investimentos públicos e privados", disse Palocci.

A presidente Dilma ocupou toda a agenda de segunda à tarde em reuniões para discutir questões relacionadas à infraestrutura do país para a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada em 2016.

Uma das questões centrais foi com relação à situação das obras dos principais aeroportos do País. Dilma pediu um detalhamento da situação de cada aeroporto, mas acabou se concentrando na discussão sobre os aeroportos de Brasília, Guarulhos e Campinas (Viracopos).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.