Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Occupy Wall Street comemora dois anos de luta contra a ganância

Manifestantes voltaram ás ruas do centro financeiro de Nova York para lembrar dezenas de bandeiras do movimento que ganhou ramificações em vários países

17 de setembro de 2013 | 13h53

NOVA YORK - Dezenas de manifestantes do movimento Occupy Wall Street comemoraram dois anos de protestos contra a ganância financeira e a desigualdade social.

Eles voltaram ás ruas com cartazes e bandeiras de uma infinidade de causas e se concentraram nas imediações do Zuccotti Park, nas proximidades da Bolsa de Valores de Nova York.

O movimento Occupy Wall Street começou no dia 17 de setembro de 2011 e espalhou-se por inúmeras cidades em diversos países, inclusive no Brasil.

Várias manifestações em toda a cidade foram planejados pelo movimento para comemorar a data.

Apesar da presença da polícia e até de um helicóptero sobrevoando as imediações do parque, nenhum incidente foi registrado.

O grupo, popularizado pela frase "Nós somos os 99 por cento", tentou cercar a bolsa de valores de Nova York e atrapalhar as horas mais movimentadas da manhã no centro financeiro.

Também foram planejados protestos em outras cidades dos Estados Unidos, disseram os organizadores do movimento.

Tudo o que sabemos sobre:
Occupycrise global

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.