Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

OCDE aponta sinal de desaceleração do crescimento do País

O crescimento da economia brasileira pode perder fôlego. Dados coletados pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) apontam que indicadores econômicos já não tiveram em julho o mesmo desempenho dos meses anteriores, um ''''sinal precoce'''' de desaleceração no crescimento do PIB a partir de 2008. Os dados antecedem a turbulência nas bolsas. Segundo a OCDE, os países ricos também dão sinais de queda de atividade, mas Rússia, China e Índia continuam a crescer.O índice da OCDE é composto por dados como produção industrial, comércio, bolsa e exportações. Ao avaliar expansão de atividade produtiva ou recessão, o índice aponta rumos que o crescimento dos países tomará nos próximos meses. Segundo especialistas, queda ou crescimento do PIB ocorre cerca de seis a nove meses depois de a taxa da OCDE ter indicado o rumo da economia.Para o Brasil, a OCDE alerta para estagnação em relação aos números de junho e julho. Segundo Ronny Nielsson, economista da OCDE, houve fraco desempenho ou estagnação do crescimento na bolsa, exportações, termos de comércio e ordens feitas pela indústria. ''''O único indicador positivo é a produção.''''

Jamil Chade, O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2012 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.