OCDE diz que crescimento das nações ricas está menor

O crescimento econômico de nações ricas, como os EUA, deve cair para menos de 2% pela primeira vez em muitos anos, pois os problemas econômicos da maior economia do mundo se espalharam para outras regiões e minaram as condições econômicas, disse Angel Gurria, secretário-geral da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). "Eu acredito que praticamente todo mundo, incluindo a OCDE, está reduzindo suas previsões de crescimento. E uma grande razão para isso é que o crescimento dos EUA está diminuindo", afirmou Gurria em entrevista à Dow Jones.O secretário-geral declarou que o crescimento dos estados membros da OCDE virá abaixo de 2% este ano ante estimativa anterior de alta de 2,1%. De acordo com Gurria, a OCDE atualizará formalmente suas previsões em março. A organização, que conta com 30 membros permanentes como os EUA e a China, é considerada uma das melhores fontes de dados econômicos e sociais. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.