finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

OCDE reage com ironia às críticas do Ministério da Fazenda

Secretário da organização diz que relatório sobre a economia do Brasil foi elaborado 'em estrita colaboração' com o País e que representantes brasileiros já tinham recebido o documento

Iuri Dantas, da Agência Estado,

27 de outubro de 2011 | 13h48

O secretário-geral da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, Angel Gurría, reagiu com ironia às críticas do secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, de que o relatório da organização sobre a economia brasileira estava repleto de "inconsistências macroeconômicas".

O relatório prevê menos crescimento e mais inflação no País. Segundo Gurría os técnicos da OCDE passam meses fazendo o relatório "em estrita colaboração com os países" e que representantes brasileiros já tinham recebido o documento e discutido com a OCDE as conclusões. "Talvez tenha sido um pouco de novidade para ele (Holland)", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.