Covid-19

Bill Gates tem um plano para levar a cura do coronavírus ao mundo todo

OCDE vê crescimento chinês entre 6% e 7% neste ano

A economia da China deverá crescer entre 6 e 7 por cento neste ano, patamar próximo ao necessário para criar novos empregos, disse o diretor da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), nesta sexta-feira.

REUTERS

20 de março de 2009 | 07h40

Angel Gurría, secretário-geral do organismo, preferiu não fornecer a previsão oficial da OCDE, que será divulgada em 31 de março, mas afirmou que a velocidade necessária para manter o desemprego em nível aceitável é algo perto de 7 por cento.

"Vemos o crescimento da China entre 6 e 7 por cento", afirmou ele a jornalistas.

Em novembro passado, a OCDE previu uma expansão de 8 por cento da China neste ano e de 9,2 por cento em 2010.

A projeção de 2009 estava em linha com uma estimativa anterior do Banco Mundial, que nesta semana a reduziu para 6,5 por cento.

Gurría acrescentou que espera que o crescimento nas 30 nações que formam a OCDE será "muito negativo" em 2009, mas ele não informou uma estimativa precisa.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROOCDECHINA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.