Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

OceanAir espera atingir até 15% do mercado até 2010

O presidente da OceanAir, German Efromovich, afirmou que espera atingir participação no mercado brasileiro de aviação entre 12% e 15% até o início de 2010. Para o executivo, aumentar a fatia não será difícil, visto que o mercado tem crescido ao ritmo de 10% ao ano, em média. "Não queremos o que já é dos outros, mas aproveitar o aumento da demanda", afirmou, explicando que a OceanAir não deverá roubar participação das concorrentes.A OceanAir deverá encerrar o mês de novembro com receita da ordem de R$ 43 milhões, revelou o executivo. Ele acredita que esse valor deverá saltar para R$ 100 milhões em dezembro. No entanto, a empresa deverá encerrar 2007 com prejuízo operacional entre R$ 20 milhões e R$ 30 milhões. BRA e AirbusEfromovich informou ainda que a companhia tem autorização temporária para utilizar as rotas que eram da BRA, mas pretende ampliar suas operações no mercado doméstico de forma definitiva. Ele adiantou que a OceanAir iniciará vôos na ponte aérea Rio-São Paulo com quatro vôos diários em cada sentido após o Carnaval de 2008.O presidente da OceanAir disse ainda que a empresa já concluiu a negociação para assumir três contratos de leasing de aeronaves (Boeings 737) da BRA, além dos dois jatos (Boeings 767) que a companhia já havia assumido logo após o acordo com a BRA. Ele informou também que a OceanAir está negociando com a Gecas outros dois contratos de leasing da BRA que já haviam sido cancelados, sendo um Boeing 767 e um 737.A respeito da encomenda de 28 aviões da Airbus, com mais 13 opções, anunciada hoje, Efromovich revelou que a empresa pretende pagar 20% dos US$ 2,65 bilhões do pedido com caixa próprio. O restante deverá ser financiado pelo Banco Mundial pela Corporação Andima de Fomento, além do próprio fabricante.

BETH MOREIRA, Agencia Estado

21 de novembro de 2007 | 14h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.