OceanAir estudará oportunidades em rotas da Vasp

A OceanAir Linhas Aéreas, companhia aérea do Grupo Marítima, informou que estudará as oportunidades nas rotas deixadas pela Vasp e continuará acompanhando os acontecimentos. A empresa, porém, não quer se pronunciar sobre o caso Vasp. Na quarta-feira, o Departamento de Aviação Civil (DAC) cancelou a licença para a Vasp operar em oito linhas ligando principalmente o Sudeste ao Nordeste.Companhia aérea regional com três anos de mercado, a OceanAir cresceu adotando rotas que não eram lucrativas para empresas grandes, como a TAM e a Varig. A frota da OceanAir é composta por dez aeronaves pequenas (sete Brasília e três Fokker 50), servindo 34 cidades de 14 Estados brasileiros, além do Distrito Federal. Segundo o Departamento de Aviação Civil (DAC), a OceanAir tinha em dezembro do ano passado 0,28% de fatia no mercado doméstico de passageiros, um número não muito abaixo do que a própria Vasp detinha no mesmo mês (0,75%). Em dezembro de 2003, o market share da OceanAir era de 0,19%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.