Odebrecht deve antecipar geração de usina em 7 meses

O diretor da Odebrecht Investimentos em Infra-estrutura, Irineu Meireles, disse hoje que o consórcio Madeira Energia pretende antecipar o início da geração de energia da hidrelétrica de Santo Antônio, no Rio Madeira, em Rondônia, de dezembro de 2012, como prevê o governo, para maio de 2012.O executivo explicou que essa perspectiva de iniciar a venda de energia antes do previsto, conseqüentemente gerando receita antecipada, é "o grande diferencial" da tarifa apresentada ontem pelo consórcio no leilão da usina, de R$ 78,90 por MWh, que representou um deságio de 35% em relação ao preço-teto fixado pelo governo.Meireles disse ainda que a antecipação do cronograma está condicionada à liberação, pelo Ibama, da licença de instalação da obra até maio do ano que vem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.