Odebrecht quer antecipar início da geração de usina

O diretor da Odebrecht Investimentos em Infra-estrutura, Irineu Meireles, disse hoje que o consórcio vencedor da hidrelétrica de Santo Antônio pretende antecipar o início da geração de energia elétrica da usina. Pelo cronograma do governo, as duas primeiras turbinas de Santo Antônio, equivalentes a cerca de 140 MW, deverão começar a operar em dezembro de 2012. Porém, o executivo não detalhou quando as turbinas poderão ser acionadas. "Nós podemos assumir um compromisso de tentar antecipar o prazo para iniciar a geração de energia."Com relação à entrada de novos sócios no consórcio Madeira Energia, vencedor do leilão, Meireles confirmou que já há conversas com a Vale do Rio Doce e também com o grupo Votorantim, além do BNDESPar. "Mas ainda estamos em negociações", disse.O diretor da Odebrecht também afirmou que "seguramente" a construtora vai participar da disputa pela outra hidrelétrica do Rio Madeira, Jirau, cujo leilão deve acontecer em maio de 2008. Segundo Meireles, a expectativa é que a estatal Furnas continue parceira da Odebrecht neste futuro leilão. Os outros sócios (Andrade Gutierrez, Cemig e fundo Santander/Banif) "possivelmente devem ser mantidos".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.