O'Donnell é descartado como candidato a presidir Barclays--jornal

Gus O'Donnell, apontado como forte candidato a se tornar presidente do conselho do Barclays, em meio ao escândalo que atinge o banco, está fora da disputa pelo cargo após banqueiros questionarem a falta de experiência do executivo no setor.

Reuters

29 de julho de 2012 | 12h47

O Sunday Telegraph reportou que o órgão regulador do sistema financeiro na Grã-Bretanha, a FSA, recusaria a candidatura caso o conselho do Barclays escolhesse O'Donnell, ex-secretário de gabinete do Reino Unido, devido à sua pouca experiência.

Um escândalo de manipulação de juros interbancários vem atingindo o banco inglês e o setor bancário nos últimos meses, o que já resultou em multa de 290 milhões de libras ao Barclays pela manipulação da taxa Libor.

O Barclays não quis comentar o assunto neste domingo.

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSBARCLAYSODONNELL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.