Oferta da Cnova nos EUA pode ser antecipada

O sucesso iminente da oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da gigante chinesa de comércio eletrônico Alibaba poderá acelerar a operação da Cnova, empresa de venda online criada a partir da união da brasileira Nova Pontocom e da francesa Cdiscount. Com isso, segundo fontes com conhecimento no assunto, a oferta da companhia do Grupo Casino poderá ocorrer ainda neste ano. Dependendo do humor do mercado, a abertura de capital, planejada para ocorrer nos EUA, poderá ser feita também na BM&FBovespa. O Alibaba iniciou, nesta semana, uma rodada de apresentações para potenciais investidores. O preço das ações, que serão listadas na Nyse, deve ser definido no dia 18. A companhia poderá levantar até US$ 24,3 bilhões. A Cnova está atenta a essa operação. A empresa surge como uma das maiores companhias de e-commerce do mundo, com receita bruta de US$ 4,9 bilhões. "A oferta do Alibaba poderá ajudar na precificação do IPO da Cnova", disse uma fonte, afirmando que a operação está prevista para 2015.

O Estado de S.Paulo

11 de setembro de 2014 | 02h06

A preferência é pela abertura nos EUA, mas há chance de a companhia realizar uma oferta conjunta também no Brasil.

Anunciada em junho, a criação da Cnova deve permitir que o Casino, controlador do Grupo Pão de Açúcar (GPA), expanda seus negócios de internet para novas regiões, especialmente na América Latina. / F.G. e D.S.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.