Oferta da VisaNet perde 19 corretoras

As organizadores da oferta de ações da VisaNet, que pode ser uma das maiores abertura de capital do mundo dos últimos meses, anunciaram nesta quarta-feira a exclusão de uma série de corretoras da operação, no último dia de reserva dos papéis.

REUTERS

24 de junho de 2009 | 09h01

Segundo a VisaNet, cerca de 20 corretoras, entre elas Ágora, Bradesco e Fator, deixaram de integrar o grupo de instituições participantes "tendo em vista suposta veiculação de material publicitário acerca da oferta não submetido à prévia aprovação da CVM".

O coordenador líder é o braço de banco de investimentos do Bradesco. Representantes do banco não estavam disponíveis para comentar o assunto. Já a assessoria do Fator não pode comentar imediatamente.

Pelo cronograma da oferta, que pode alcançar 9,7 bilhões de reais se incluídos lotes suplementar e adicional, o período de reserva iniciado em 17 de junho acaba nesta quarta-feira e a fixação do preço se dará dia 25.

No comunicado, os organizadores afirmam que os investidores não institucionais que tenham feito pedidos junto às corretoras excluídas e que por isso tiveram suas reservas canceladas poderão fazer novos pedidos até esta quarta-feira, desde que nos mesmos termos e condições do pedido original.

Os termos do prospecto previam que a oferta ao varejo será de entre 10 e 20 por cento das ações, excluídos os lotes suplementar e adicional.

A abertura de capital da VisaNet, maior companhia de captura e processamento de pagamentos eletrônicos de cartões do país, faz parte de projeto iniciado em 2008, mas que tinha sido suspenso diante da crise econômica global, que paralisou as operações no mercado de capitais.

Veja a seguir a lista das corretoras eliminadas da oferta, segundo comunicado publicado pela VisaNet:

-ABN Amro Real

-Ágora

-Alfa

-Ativa

-Bradesco

-Coinvalores

-Corretora Geral de Valores e Câmbio

-Souza Barros

-Elite

-Fator

-Finabank

-Gradual

-Hencorp Commcor

-ICAP do Brasil

-Intra

-Link

-Solidus

-Umuarama

-Unibanco Investshop

(Por Alberto Alerigi Jr.; com reportagem adicional de Elzio Barreto)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSVISANETCORRETORAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.