Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

OGX, de Eike Batista, encontra hidrocarbonetos na Bacia de Campos

Presença de hidrocarbonetos foi identificada em dois níveis do poço OGX-20 

Agência Estado,

20 de setembro de 2010 | 08h57

A OGX Petróleo e Gás, empresa do grupo do empresário Eike Batista, anuncia que identificou a presença de hidrocarbonetos na seção maastrichtiana do poço 1-OGX-20-RJS, no bloco BM-C-41, em águas rasas da parte sul da Bacia de Campos, no qual a empresa detém 100% de participação.

Segundo comunicado da petroleira, foi identificada a presença de hidrocarbonetos em dois diferentes níveis em reservatórios arenosos, apresentando net pay (área com óleo de fato) de aproximadamente 9 e 4 metros, respectivamente. A perfuração do poço OGX-20, chamado de prospecto Tupungato, seguirá até a profundidade total estimada de cerca de 3.650 metros. A sonda Ocean Ambassador iniciou as atividades de perfuração no dia 05 de setembro de 2010. O poço está a aproximadamente 85 km da costa do Estado do Rio de Janeiro, onde a lâmina d'água é de aproximadamente 130 metros.

"A descoberta ressalta a importância da seção maastrichtiana nos nossos blocos da bacia de Campos, onde reservatórios com hidrocarbonetos foram identificados inicialmente no poço OGX-5 e agora foram encontrados no bloco BM-C-41, apresentando novamente excelentes condições permo-porosas", comentou em comunicado o diretor-geral da OGX, Paulo Mendonça.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.