OGX encontra mais indícios de petróleo na bacia de Campos

Empresa se diz surpreendida com as excelentes características dos reservatórios próximos da costa do RJ

Agência Estado,

18 de dezembro de 2009 | 10h24

A OGX Petróleo e Gás, empresa do grupo EBX, do empresário Eike Batista, anuncia a identificação de hidrocarbonetos na seção albiana do poço OGX-3 (1-OGX-3-RJS), localizado no bloco BM-C-41, em águas rasas da parte sul da Bacia de Campos. De acordo com comunicado, a perfuração no poço OGX-3, iniciada em 16 de novembro, prosseguirá, com a sonda Sea Explorer, fornecida pela Pride International.

 

"Ficamos particularmente surpreendidos pelas excelentes características de permo-porosidade encontradas nos reservatórios carbonáticos da seção albiana", afirma, em nota, o diretor geral da OGX, Paulo Mendonça. O comunicado informa ainda que foi identificada coluna superior a 130 metros com hidrocarbonetos e "net pay" (onde há óleo de fato) ao redor de 80 metros no poço, que se situa a aproximadamente 83 km da costa do Estado do Rio de Janeiro.

 

No dia 4 de dezembro, a companhia anunciou ter encontrado hidrocarbonetos em reservatórios no poço OGX-2A, também na Bacia de Campos, a cerca de 77 km da costa. A OGX conta com 29 blocos exploratórios nas Bacias de Campos, Santos, Espírito Santo, Pará-Maranhão e Parnaíba.

Tudo o que sabemos sobre:
OGX Petróleo e GásEike Batista

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.